domingo, 20 de novembro de 2011

Bela poesia do Pastor Silvio Meincke


O murmúrio das vertentes

Nas ladeiras da colina.

Cantoria de saracuras

Nas ramadas da campina.

O labor do João de Barro,

O arrulho da pombinha

Balbuciam a oração

Pela paz na criação.



O rugir da cachoeira,

O silêncio do remanso.

Os segredos da floresta,

E a fera em descanso.

Muitas ervas nas lavouras,

Mil cantares entre flores

Balbuciam a oração

Pela paz na criação.



O suspiro da saudade,

Galanteios e rumores.

O espanto da surpresa,

O sussurro dos amores.

Cada fôlego de vida,

Cada flor que desabrocha

Balbuciam a oração

Pela paz na criação.



Alimento esperanças

De ver cada ... aahh ... de vida

Alcançar sua formosura

Com espaço e guarida,

Com seu próprio ... oohh ... de ser

Seu direito de viver.

Essa é minha oração

pela paz na criação.

Um comentário:

Jopz_B1B disse...

kurti... mas a melhor poesia pra mim é o vento da montanha no rosto e o ar das florestas enchendo corpo e alma...

JOPZ

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...